3 de novembro de 2009

Lixos e mais lixos

Paiçandu é uma cidade em constante progresso, crescendo num ritmo desenfreado e alucinante. Mas a estrutura dos serviços públicos não acompanha este desenvolvimento. Há deficiências, principalmente onde este  poder público deveria se fazer valer.
A população cresce, cresce também a produção de resíduos. Um lixo não suportável na coleta normal. E estamos falando de entulhos, móveis, galhos, folhas e tudo aquilo que não queremos mais.
A pergunta é: Onde destinar?
Na falta desta resposta, a população,  que também pouco colabora, basicamente se livra de problema que é só seu, mas o torna problema comum.
A rua é o destino principal deste lixo.



Que solução poderíamos dar para esta questão? O fato é o seguinte, o lixo continua sendo produzido por  todos nós... E todo mundo tem uma forma de descarte. Qual seria a forma mais correta?

6 comentários:

Cezar Knabben disse...

O lixo produzido pelo ser humano alguma hora havia de aparecer, pois toda cidade em desenvolvimento dente com o decorrer dos anos a gerar lixo e mais lixo, da mesma maneira acontece com o nosso cemitério. O q acontece é q o presente colhe os frutos de um planejamento passado na qual não havia um pensamento no futuro, pois no seu presente só se pensava no presente. Sendo assim nos administradores não devem seguir essa linha de pensamento e administrar o presente olhando os erros do passado para q o nosso futuro possa ser melhor.

Anônimo disse...

falou tudo Cezar, parabéns

peixe.

Ronaldo disse...

sinceramente quem joga o lixo é povo. alguns sem educação que fazem este tipo de trabalho deveria ir para a cadeia.

Anônimo disse...

Povinho mau instruído dá nisso mesmo... depois que pega dengue a culpa é do prefeito...dos agentes da saude ... dos funcionários que não fazem nada.... da casa do caralho... etc...
Êta falta de cultura... depois dizem qque ser humano é pior que animal.. tá ai a resposta... (foto)

Anônimo disse...

Fui na Redação da Rede Massa e um dos Jornalistas estava on line neste blog e perguntou para mim?
Leandro que local é este, dá uma boa matéria?!
Pergunto ao meu Xará que Local foi esse? São tantos lugares assim...

Leandro da Silva Oliveira

Anônimo disse...

Há só lembrando o nome do Jornalista da Rede Massa é Octávio Rossi.

Leandro da Silva Oliveira