1 de maio de 2010

Insensatez

Do leitor, levantando uma situação interessante:
"As blitze realizadas pela polícia rodoviária na rodovia Paiçandu/Maringá, próximo ao posto carreteiro em plena hora de maior movimento, ou seja, entre 7 e 8 horas da manhã e entre 6 a 7 horas da noite. É de uma insensatez tremenda por parte da polícia, pois nestes horários transitam trabalhadores e não bandidos ou baderneiros, e a presença da polícia atrasa por demais o tempo para fazer tal trajeto. Sem a presença deles, conseguimos fazer uma média de 35 km/h, com eles essa média baixa para 20 km/h. Será que estão ali para coibir excesso de velocidade?" 

PS. Comentário feito nesta postagem.



13 comentários:

Anônimo disse...

Se por ocasião destas blitzs os carros e motos irregulares e que não pagam imposto deixasem de circular pela rodovia, o transito ali fluiria bem melhor...
apóio estas blitz...

Douglas disse...

Discordo vêementemente da posição do leitor.
1º - A polícia esta realizando seu trabalho de fiscalização, e o faz em horário em que poderá pegar o maior número de infratores.
2º Não é problema da polícia a falta de estrutura da rodovia, independentemente se ocasionará engarrafamentos o trabalho deve ser realizado, o que se devia discutir seria o término da duplicação da via, o que certamente diminuiria tal fila de veículos.
Contudo, pergunto ao leitor: Vossa Senhoria prefere que não se realize blitze, o que certamente aumentaria o número de pessoas incapacitadas, irresponsáveis dirigindo, ao ponto de ocasionar acidentes e afins?


Douglas Hernandes

Luciano disse...

Sabe por que qdo se realizam as fiscalizaçoes, o transito flui menos...por que ninguem ultrapassa pelo acostamento, ou costura os carros....acho absurdo o que vejo todos os dias indo ou vindo de maringa....pelo acostamento é o pior...apoio a polícia...mas ainda falta um detalhe, proibir a entrada direta ao parque industrial...o correto era esperar no acostamento, para entao cruzar a rodovia, mas não é isso que ocorre, e isso sim atrasa o transito, param a rodovia até que alguem de passagem para entrar no pq industrial...

Anônimo disse...

só não gosta de blitz que tem rabo preso ou não paga os devidos impostos em dia, comentário totalmente sem cabimento e o blogueiro errou na mão ao concordar publicando ao passo que sabemos que esta rodovia é rota de tráfego de muitas coisas irregulares

Ricardi disse...

Levantei o debate...Onde você viu que eu concordei? Viu o título da postagem?

O Douglas falou tudo!

Anônimo disse...

Parabéns ao Sr. Douglas é isto mesmo, devemos é cobrar deste milongueiro do Requião que diz a todos os cantos do Paraná que duplicou a rodovia de Paiçandu a Maringá e isto é mentira, e agora chega a eleição e o povo de Paiçandu como sempre o enche de votos fazendo se eleger novamente acorda mais um avez povo Paissanduense.

Anônimo disse...

sempre "levantando o debate" nunca assume que errou, errado é sempre quem o contraria ...

Anônimo disse...

O trabalho da Polícia é também de fiscalizar veiculos de trabalhadores, nem todos q andam de carros são bandidos, mas o leitor deve estar querendo transferir responsabilidades, porém o transito nesta rodovia não é somente nos dias em q a policia esta fiscalizando!!!!

Anônimo disse...

Sou completamente a favor de blitzes, porém o autor do comentário tem razão. Saio de casa 6:50 de carro para entrar no trabalho às 7:30, sem a polícia chego sempre adiantado, com a polícia "fazendo o trabalho dela", chego atrasado. Mesmo com a presença da polícia, carros e motos transitam pelo acostamento e fazem zigue-zague, apenas próximo da blitz é que andam certo. Além disso, após passarem pela blitz, já com a certeza do atraso, a velocidade é aumentada, o que pode ser ainda mais perigoso.

Anônimo disse...

Em rodovias federais o trânsito de caminhões é restrito em dias de feriados prolongados. Somente como sugestão: e se fosse restringido o tráfego de caminhões no horário das 7 as 8 horas da manhã neste trecho, o trânsito fluiria bem mais rápido. Até que os governantes resolvessem terminar a duplicação.

Anônimo disse...

o duro é as motos cortando de todos os lados.aí aparece os homens.

Anônimo disse...

E se fizessem uma faixa exclusiva para motos, como existe em são Paulo. Espaço tem, pois eles ultrapassam por todos os lados.

Anônimo disse...

aí sim resolveria o problema das motos.